OESPORTE

O Conteúdo certo

Ponta Grossa e Londrina comemoram os títulos no masculino do "Bom de Bola"

Domingo (17/11), dia histórico para Campo Mourão com a realização das partidas finais dos 66º Jogos Escolares do Paraná (JEPS) Bom de Bola no Estádio Roberto Brzezinski nas decisões do Masculino e Feminino nas duas categorias em disputa: 12 a 14 anos e 15 a 17 anos.
MASCULINO 15 a 17 ANOS – Colégio Dynamico (Ponta Grossa) 1 x 1 Colégio Estadual General Carneiro (Roncador).
Um bom público compareceu neste deste domingo para acompanhar as partidas finais valendo o ouro, e a final envolvendo os meninos das cidades de Roncador e Ponta Grossa foi de “arrepiar” com muita emoção em campo.
Nos dois tempos disputados o jogo foi bem equilibrado, enquanto o Colégio Dynamico abriu o marcador na primeira etapa, Roncador empatou no segundo tempo, gols de Luiz Felipe (Ponta Grossa) e Willian Mateus (Roncador) levando a decisão para as penalidades.
Com a partida para ser decidida nas penalidades, a atenção se voltou para os goleiros das duas equipes, porém, a diferença foi à ótima atuação do goleiro do Colégio Dynamico, Matheus Venâncio, que defendeu duas cobranças contribuindo na vitória, o título e a medalha de ouro para Ponta Grossa. “Muito bom comemorar o título estadual dos JEPS Bom de Bola”, citou Matheus.
Na terceira colocação a medalha de bronze ficou com o Colégio Dom Bosco, de Maringá.
MASCULINO 12 a 14 ANOS – Colégio Ética  (Londrina) 1 x 0 Colégio Estadual 11 de Abril  (Tapejara).
Muita expetativa na torcida, principalmente para os pais de alunos-atletas presentes no Estádio Roberto Brzezinski para acompanhar a esperada final desta categoria. Inicio de partida bem eletrizante, mas ao mesmo tempo bem equilibrada com rápidas jogadas no setor de ataque das duas equipes.
No segundo tempo, Londrina pressionou mais os meninos de Tapejara, que suportaram a pressão até o último minuto, quando em uma jogada na área no ataque de Londrina foi confirmado uma penalidade para os londrinenses convertida pela meia Breno Augusto. Então foi só esperar o apito final e comemorar o título.
DESTAQUE DA PARTIDA: Foi o jogador de Londrina, Diego da Silva Lopes, que apesar da pouca estatura, apenas 1,40m de altura, foi gigante em campo cumprindo muito bem sua missão na lateral-esquerda. Sua mãe Andréia esteve presente acompanhando o filho e ficou toda orgulhosa pelo título. “Estou sempre presente nos jogos do Diego assistindo as partidas e dando o total apoio”, relatou.
Na terceira colocação a medalha de bronze ficou o Colégio Alfa Plus (Ponta Grossa).
 

Leave a Reply