OESPORTE

O Conteúdo certo

Flávio Magon disputa combate internacional de MMA no Canadá

Com 22 combates de MMA na carreira, Flávio Magon, 32, da equipe Chute Boxe/Coliseum Centro de Artes Marciais/Chris Gold Team, disputa no dia 27 deste mês em Calgary, no Canadá, a sua principal luta dentro da modalidade. Ele enfrentará o norte-americano Dean Spown, 32, pelo card principal do Hard Knocks na categoria 93 quilos.
Anteontem, acompanhado do técnico Rafael de Abreu, o Black, Magon esteve no Jornal Tribuna do Norte e disse que está treinando desde outubro, realizando preparação física e técnica em busca de obter a sua 15ª vitória na carreira.
Realizando um sonho que é poder competir fora do país, Magon destacou que o próximo combate será muito difícil, pois enfrentará um adversário que já disputou lutas pelo Bellator, além do mais Spown vem de quatro vitórias por nocaute.
Além de Black, o atleta de Apucarana ainda é treinado pelos professores Christiano Catala, o Chris, Jonnhy Silva e Pity. Black e Chris cuidam da parte técnica do atleta; Jonnhy realiza as atividades de musculação e Pity é o responsável pela preparação física.
Magon será o sexto apucaranense a lutar no exterior pelo MMA. Os outros foram Lucas Rota, Rafael Black, Vitor Gracioli, Luiz Henrique e Laerte Costa e Silva, o Mid-Night.
Depois de lutar em Calgary, Magon já tem outro combate pela frente. Vai encarar no dia 17 de fevereiro o curitibano Rafael Monteiro, pelo Strike House, na Capital do Estado. Na ocasião, o atleta de Apucarana vai defender o cinturão em sua categoria.
A última vitória de Magon aconteceu no ano passado, durante o Fight Team, em Londrina, quando venceu por nocaute no segundo round o londrinense Gordinho Venenoso.
Para lutar no Canadá, Magon conta com apoio e patrocínio da FIT Centro de Treinamento, Countdow, Pietro Maroneze, Strike Shop, Barbearia França, Ração Billy Dog, Fant Tatoo, Eletran, Relojoaria Curitiba, L2, Matsushi, Lepap e Mersul Malhas.

Leave a Reply