OESPORTE

O Conteúdo certo

Apucarana Futsal joga Amanhã em casa com novidades

IMG_4696Recuperado de uma contusão no joelho, o ala-pivô Alan será uma das novidades do Apucarana para a partida de amanhã, às 20 horas, no Ginásio Municipal de Esportes José Antônio Basso (Lagoão), em Apucarana, contra a equipe do Campo Mourão, pela quinta rodada do primeiro turno do Campeonato Paranaense da Chave Prata (Primeira Divisão) de Futsal Adulto.
O novo reforço do time apucaranense foi contratado antes do campeonato, mas se contundiu e ficou afastado das primeiras quatro rodadas. “É mais um jogador que chega para nos ajudar nesta caminhada tão difícil que é a Chave Prata”, disse o goleiro titular Abídio.
Alan foi revelado em 2006 pelo Ciagym, de Maringá. No clube da “Cidade Canção”, o atleta permaneceu até 2011. Em seguida, em 2012, o ala se transferiu para o São João do Ivaí, onde disputou o Campeonato Paranaense da Chave Prata. Depois, em 2013, jogou a Chave Ouro, pelo São Lucas, de Paranavaí e em 2014 atuou pelo Astorga na Chave Bronze. Já no ano passado, também pela “Bronze”, defendeu o Maringá Seleto Clube.
IMG_3806-001
Para o jogo de amanhã o técnico Éder Cavalini, que pede o apoio e o incentivo do torcedor apucaranense, também vai contar com Abídio, Tipão, Márcio Forte, Arrepio, Thiago, Soró, Andinho, Juninho, Luan, Tio Patinhas, Pedro Venâncio, Robson, Miller e Pequeno.
Na rodada passada o Apucarana Futsal empatou por quatro gols em Palmas, frente ao time local. Os tentos apucaranenses foram feitos por Juninho (2), Thiago e Arrepio. Este último jogador é o artilheiro do Apucarana no Campeonato Paranaense com cinco gols.
O artilheiro da competição é o pivô Eto’o, do Itaipulândia, com sete gols.
Na rodada passada, em casa, a agremiação mourãoense empatou sem gols com o Pato Futsal, de Pato Branco.
No duelo de amanhã no Lagoão, o Campo Mourão deve utilizar os jogadores Bruno, Éder Lima, Vinícius, João Gabriel, Luciano Lopes, Luciano Vieira, Gerson, Renan, Emerson, Paulo Henrique e Felipe. A equipe tem o comando técnico de Márcio Aparecido Rinaldo.

Leave a Reply