OESPORTE

O Conteúdo certo

Agenor Piccinin quer fechar o Paranaense da Terceira Divisão com chave de ouro

Vice-campeão parananense da Primeira Divisão no primeiro semestre de 2019 pelo Toledo, o técnico Agenor Piccinin, de 63 anos, agora tem a chance de ganhar o título no Campeonato Estadual da Terceira Divisão pelo Arapongas Esporte Clube.
O treinador, que é catarinense de Concórdia, já colocou o Arapongão na Divisão de Acesso do ano que vem, mas junto com comissão técnica e jogadores vai em busca da primeira posição na Terceirona.
Conhecido e respeitado no futebol do Estado, Piccinin já atuou nas equipes do Umuarama, Nove de Julho (Cornélio Procópio), Batel (Guarapuava), Apucarana Futebol Clube, Ponta Grossa, Marechal, Cataratas, Cianorte e Cascavel Clube Recreativo. Fez bons trabalhos na maioria destas equipes. Também esteve em agremiações de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Sergipe. No futebol catarinense foi campeão estadual em 2007 pela Chapecoense.
Contente e realizado por ter colocado o Arapongas na Segundona de 2020, Piccinin agora quer ganhar mais um título na carreira, mas sabe que terá pela frente um adversário difícil, o Andraus, de Campo Largo, que na semifinal eliminou o Araucária, que até então tinha feito a melhor campanha na fase inicial da Terceira Divisão. Além do mais vai enfrentar o time do técnico Norberto Arruda Lemos, com bons trabalhos em 2019 pelo Rio Branco (Primeira Divisão) e Apucarana Sports (Segundona).
A primeira partida da final da Terceirona será neste domingo (17/11), às 15h30, em Campo Largo. O jogo de volta ocorrerá no dia 24 de novembro, às 15 horas, no Estádio dos Pássaros, em Arapongas.
Andraus e Arapongas subiram para a Divisão de Acesso e no próximo ano se juntam a Maringá, Foz do Iguaçu, Apucarana Sports, Prudentópolis, Nacional, Rolândia Esporte Clube, Independente São Joseense e Batel.
Raul César dos Reis – Site: Oesporte
Foto: Carlos Duarte/Divulgação

Leave a Reply